Postado em 11 de Dezembro de 2017 às 10h39

Benefícios do Chá Verde sobre a Hipertensão Arterial, danocardiovascular e disfunção endotelial

Benefício (53)

Lívia P. Nogueira
Márcia R.S.G Torres
Antonio F. Sanjuliani

O chá verde, produzido a partir das folhas da planta Camellia sinensis, é uma excelente fonte de flavonoides, sendo predominantes as catequinas. Os benefícios atribuídos ao chá verde devem-se à presença desses flavonoides em sua composição. O consumo de chá verde tem sido inversamente associado ao desenvolvimento e progressão de doenças cardiovascular. Existem evidências de que os flavonoides presentes no chá verde conferem proteção contra doenças cardiovasculares, principalmente pelo seu efeito antioxidante e modulador da função endotelial. O crescente interesse em seus benefícios levou à inclusão do chá verde no grupo de bebidas com propriedades funcionais.

Os benefícios do chá verde são atribuídos à presença de flavonoides, em sua composição. Os flavonoides são compostos polifenólicos que apresentam, dentre outras propriedades, efeito antioxidante e anti-inflamatório4, podendo ser encontrados em frutas e verduras. O chá verde é uma excelente fonte de flavonoides, principalmente as catequinas2. No chá verde, as catequinas compreendem 80-90% do total de flavonóides, com a epigalocatequina galato (EGCG), sendo a mais abundante (48-55%), seguida por outras catequinas: epigalocatequina (9-12%), epicatequina galato (9-12%), e epicatequina (5-7%).

Alguns estudos demonstraram que o consumo de chá verde é capaz de reduzir a peroxidação lipídica, a geração de radicais livres, a oxidação da lipoproteína de baixa densidade (LDL) e o desenvolvimento do estresse oxidativo.

As propriedades antioxidantes do chá verde podem reduzir a sensibilidade da LDL à oxidação, reduzindo o risco de doença aterosclerótica. Em adição às ações diretas sobre o endotélio, os flavonoides do chá verde potencialmente reduzem o desenvolvimento de aterosclerose através das suas ações indiretas como substâncias antioxidantes. Quando as partículas de LDL são oxidadas, elas podem causar injúrias às paredes das artérias, atraindo células espumosas e desencadeando outras respostas imunológicas, que conduzem à formação de placas de ateroma, fato que desencadeia o processo aterosclerótico.

Os efeitos do consumo de chá verde sobre a pressão arterial ainda não são completamente conhecidos. Estudos observacionais que avaliaram a associação entre consumo de chá verde e pressão arterial produziram resultados conflitantes. 

Agudamente, o chá verde aumenta a pressão arterial. Um dos ingredientes do chá verde com efeito pressor agudo é a cafeína, entretanto, o aumento agudo sobre a pressão arterial é maior do que o aumento quando a mesma quantidade de cafeína é ingerida isoladamente. Não se conhece qual é o outro ingrediente do chá verde responsável pelo aumento da pressão arterial16. Os chás contêm quantidades significativas de cafeína, estima-se que uma xícara (175ml) de chá contenha 40-60mg, enquanto 1 xícara (175ml) de café contém 65-100mg. Apesar de haver uma grande variabilidade, geralmente existe uma quantidade de cafeína bem menor no chá verde do que no chá preto.

Dentre os diferentes tipos de infusões, o chá verde destaca-se uma vez que diversos estudos demonstram que seu consumo regular reduz os níveis de colesterol plasmático, e a agregação plaquetária e protege a LDL da oxidação. Essas ações do chá verde sobre o sistema cardiovascular ocorrem devido aos compostos bioativos presentes, as catequinas, que apresentam um amplo espectro de atividades funcionais, principalmente, potente ação antioxidante.

A doença arterial coronária (DAC) e o acidente vascular cerebral (AVC), decorrentes da aterosclerose, destacam-se como principais causas de enfermidades cardiovasculares sendo responsável por aproximadamente 50% de óbitos em países ocidentais.

As pesquisas com o chá verde revelam de forma crescente seu efeito benéfico em alguns estados patológicos. Ele possui uma grande variedade de mecanismos com ações cardioprotetoras. Seu consumo regular parece ter impactos benéficos para a saúde humana, incluindo ação antioxidante, melhora da função endotelial e redução do risco de doença cardiovascular.

Fonte: Revista Hupe

Veja também

Inverno: Estação do Chá!22/05/17 Nesta época do ano é comum procurarmos por alimentos que aqueçam o nosso corpo neste friozinho. O Chá Verde é uma ótima opção. Esse alimento delicioso e místico mantém o nosso corpo quente e ainda fornece pouquíssimas calorias. O chá é uma das bebidas mais antigas consumida pela humanidade e, segundo a história, o seu......
7 Benefícios das Catequinas EGCG do Chá Verde26/06/17 Veremos a seguir em detalhes os benefícios das catequinas EGCg do Chá Verde para saúde e boa forma. Diante de tantas propriedades interessantes você pode querer incluir o chá na sua rotina. Seja com o propósito de......
Chá Verde!17/04/17 Camellia sinensis (L.) Kuntze é uma planta perene do tipo arbustiva conhecida popularmente por Chá Verde, chá-da-Índia, banchá ou “green-tea”. O Chá Verde é um composto rico em polifenóis,......

Voltar para Notícias