Postado em 14 de Agosto de 2017 às 09h36

Chá verde e suas propriedades funcionais nas doenças crônicas não transmissíveis

Benefício (53)
Chá Verde O chá é a bebida mais consumida no mundo depois da água. Devido ao seu processo de produção, o chá verde contém mais catequinas do que o chá preto ou chá oolong. Existem...

O chá é a bebida mais consumida no mundo depois da água. Devido ao seu processo de produção, o chá verde contém mais catequinas do que o chá preto ou chá oolong. Existem evidências científicas de que as catequinas são in vitro e in vivo potentes antioxidantes.

Durante séculos, o chá tem sido considerado pelos orientais como uma bebida saudável, sendo utilizado na China há aproximadamente 3.000 anos, sendo este país o seu principal produtor. A C. sinensis é amplamente cultivada no sul da Ásia, incluindo China, Índia, Japão, Tailândia, Sri Lanka e Indonésia.

Recentes estudos em humanos sugerem que o chá verde pode contribuir para a redução do risco de doenças cardiovasculares e algumas formas de câncer, bem como promover outros benefícios à saúde, tais como efeito hipoglicemiante, controle do peso corporal, proteção contra os raios ultravioleta e manutenção da densidade mineral óssea. O crescente interesse em seus benefícios levou à inclusão do chá verde no grupo de bebidas com propriedades funcionais.

Os estudos científicos atuais consideram a C. sinensis uma planta estratégica para a saúde humana no século XXI. As pesquisas com o chá verde revelam de forma crescente seu efeito restaurador de estados
patológicos e, por tratar-se de uma bebida amplamente disponível e de baixo custo, torna-se viável o seu uso como um importante coadjuvante no manejo nutricional em diversas patologias.

No entanto, não se pode esperar que um único alimento tenha a capacidade de proporcionar um impacto de grandes proporções sobre a saúde pública, embora seja importante observar que mesmo um efeito modesto pode ter um impacto importante sobre as causas mais prevalentes de morbidade e mortalidade das doenças crônicas não transmissíveis, merecendo assim maior atenção, tendo em vista que em pouco tempo o consumo regular de chá verde poderá ser considerado como parte das dietas ocidentais.

Fonte: SENGER, Ana Elisa Vieira; SCHWANKE, Carla H. A.; GOTTLIEB, Maria Gabriela Valle; Chá verde (Camellia sinensis) e suas propriedades funcionais nas doenças crônicas não transmissíveis, Scientia Medica, Porto Alegre-RS, v10, n04, p. 292-300, 2010. Acesso em: 14 de agosto de 2017. Disponível em: <http://www.nutricaoemfoco.com.br/NetManager/documentos/artigo_cha_verde.pdf>

Veja também

Aspectos funcionais das catequinas do Chá Verde!27/02/17 O Chá Verde contém componentes polifenólicos, que incluem flavanóis, flavandióis, flavonóides e ácidos fenólicos, que totalizam cerca de 30% do peso seco das folhas. A maioria dos polifenóis do Chá Verde se apresentam como flavanóis, e dentre estes, predominam as catequinas. As quatro principais catequinas do Chá Verde são......
Os benefícios de reaproveitar as folhas de Chá Verde!22/08/16 O Chá Verde é conhecido por acelerar o metabolismo do corpo e assim, consequentemente, consegue diminuir a gordura localizada. Por ajudar os consumidores a diminuírem o peso, o Chá Verde também previne o surgimento de......

Voltar para Notícias